Posts tagged "Off Road"

Tag Archives: Off Road

Férias de julho em Tiradentes/MG

Por
Alysson, Antonio e Viviane em passeio de bugue pela Serra de São José

As férias de julho estão chegando! Por isso, preparamos dicas de passeio para casais com ou sem filhos e que estão em busca de mais vida ao ar livre e experiências inusitadas. Sendo assim, você não vai encontrar aqui um roteiro para andar de Maria Fumaça ou conhecer os museus e igrejas barrocas de Tiradentes – o que também vale muito a pena, claro –, vai encontrar dicas de atividades que vão mexer com a sua emoção e com as suas recordações de infância. Bora lá ver quais são?

Turismo de aventura em Tiradentes

No inverno, a cidade fica particularmente linda. E o céu ainda mais azul. Por isso, o convite para fazer uma das trilhas que serpenteiam a Serra de São José. É no nosso café da manhã que você começa a se preparar para viver um dia incrível, caminhando, passando por cachoeiras e chegando ao topo da serra. A alimentação é parte importante do preparo para caminhadas. Não seja negligente com ela.

Trilhas de Tiradentes

Há trilhas curtas e longas. Se você não é atleta, sugerimos as trilhas mais curtinhas, principalmente com crianças. Para você ter uma ideia, Antonio tem 6 anos e já fizemos a Trilha do Mangue com ele três vezes. Foi muito tranquilo. E ele adorou.

Em Tiradentes, você pode escolher entre três agências – Uai Sô, Estrada Real e Uai Trip – para contratar os passeios nas trilhas, que são feitos com guias locais. É mais seguro.

Lembre-se de trazer um tênis confortável ou botas de trilha. As roupas devem ser leves. Mesmo no frio, o sol é quente e você não vai conseguir caminhar com roupas pesadas, de inverno. Ah, e passe protetor solar no rosto e nos membros que ficarão expostos ao sol.

Algumas trilhas, como a Trilha do Mangue, têm cachoeiras no meio do caminho. Se você curte mergulhar na água gelada, leve roupa de banho e um lanchinho para piquenique, mas não suje a trilha. Recolha todo o lixo que produzir.

Leia também: O que fazer no inverno de Tiradentes

 

Passeio de quadriciclo e tirolesa

Não é uma das mais opções mais baratas de passeio, porém é uma experiência inesquecível. Tudo a ver com FÉRIAS!!!! Os passeios de quadriciclos popularizaram-se na cidade devido às estradas rurais e as trilhas que existem por aqui.

Os passeios são realizados em Tiradentes e Prados (Bichinho), com rotas que podem variar de acordo com o nível de dificuldade da trilha e o desejo do turista. Em geral, as rotas passam pela Serra de São José, que tem formações de mata atlântica, campos rupestres e cerrado.

Vista da Serra de São José durante passeio de bugue (UTV)

Na cidade, você vai encontrar duas empresas que fazem esse passeio: HLera Off Road e Dakar Loc. E vai precisar desembolsar, no mínimo, R$ 150 para fazer o passeio mais curto, em geral, de uma hora. O preço é por veículo e varia de empresa para empresa. Os quadriciclos levam duas pessoas, já os bugues (UTV) levam quatro pessoas (dois adultos e duas crianças).

Descer numa tirolesa é uma delícia. E mais uma opção para quem vai passar as férias em Tiradentes. A empresa HLera Off Road também oferece essa atração, que fica na estrada do Bichinho. A tirolesa tem 200 metros de extensão e 30 metros de altura. O valor é R$ 20,00 por pessoa. Quem compra o passeio de bugue na Serra ganha desconto na tirolesa.

 

Balonismo em Tiradentes

Quem olha para os céus de Tiradentes por volta das 7h da manhã pode se deparar com um balão sobrevoando a cidade. Essa é a mais nova modalidade de aventura surgida por aqui. E, se você tiver coragem, pode voar também. O passeio começa por volta das 6h30 – desde que haja boa visibilidade – e os turistas são recebidos com um café gourmet antes da decolagem, enquanto o balão está sendo montado. O voo dura cerca de 1 hora e custa R$ 450 por pessoa. A decolagem é na Estrada da Caixa D’Água, a 1 km da Estação da Maria Fumaça.

Balões da Minas Balonismo, empresa que faz o passeio em Tiradentes e região

 

Casa Torta: programação infantil

A Casa Torta é um centro cultural que se popularizou depois que recebeu a visita do jornalista Zeca Camargo. É um espaço lúdico e interativo e com diversas atividades voltadas à criançada, por isso uma boa opção para as famílias durante as férias de julho em Tiradentes.

Para as crianças, há camarim, biblioteca infantil, parede para pintar, caixa de areia, cama elástica, caça ao tesouro, brinquedos de quintal. E para os adultos, cenários para fotografar, camarim teatral, cafés, jogos de tabuleiro, brinquedos antigos, slackline, pebolim, papéis de carta, lojinha e poesia.

“Abro as portas dessa Casa Torta para que adultos busquem a criança que se perdeu e para os pequenos que estão crescendo e implorando pela liberdade de serem quem são, sem medo de olhares retos”, diz a fundadora do espaço, Lu Gatelli. Ela e o marido saíram do Rio de Janeiro, assim como nós, para viver uma linda aventura em Tiradentes. E está sendo um sucesso.

A Casa Torta fica no Bichinho. A Casa Torta fica no Bichinho. A estrada que liga Tiradentes ao distrito de Prados tem muitas outras atrações. A entrada custa R$ 15 a hora.

A estrada que liga Tiradentes ao distrito de Prados tem muitas outras atrações. Nossa sugestão é que você tome o café da manhã com a gente e pegue a estrada para lá. Vá parando no meio do caminho. Visite as lojas, os ateliês de artistas locais, as cachaçarias (Mazuma e Tabaroa), a Casa Torta, o Museu do Automóvel e termine almoçando no Tempero da Ângela, um restaurante onde você come uma das melhores comidas mineiras da região, pagando um preço fixo superacessível: R$ 32 (adulto) com sobremesa incluída.

Conheça um pouco mais sobre a Casa Torta

 

Passeios pelo centro histórico

A melhor forma de conhecer o centro histórico de Tiradentes é caminhando (de tênis!) nas ruas irregulares. Entretanto, há duas outras opções: as tradicionais charretes, que são a alegria das crianças, ou a Jardineira Chevrolet, de 1935, conhecida também como Charmosa.

A Charmosa faz passeios noturnos no centro histórico. Quem conduz é Luiz Fernando Neves é o idealizador do projeto. Durante o percurso, que dura em torno de duas horas, Luiz Fernando vai parando nos principais pontos para comentar os aspectos históricos do local. No inverno, o passeio fica mais charmoso porque os turistas ganham uma mantinha para aquecer as pernas. O valor é de R$ 100 por pessoa. Já fizemos e recomendamos de olhos fechados!

Jardineira que faz o passeio noturno | Foto: Museu do Automóvel

Veja também: Conheça nossas acomodações

 

Museu Nostalgia

Tiago e Lilian montaram, bem pertinho da Villa di Antonio, o Museu Nostalgia, que reúne mais de 5 mil peças da década de 1980 e miniaturas colecionadas ao longo de mais de 15 anos. Alguns itens são da infância de Tiago, que sempre foi muito cuidadoso com tudo o que tem.

No museu, há coleções inteiras, que vão encantar tanto crianças quanto adultos, como os clássicos He-Man, Rambo, Star Wars e Comandos em Ação. Uma das mais lindas é a coleção de cavaleiros templários. Há também miniaturas de aviões, carros, caravelas, locomotivas: todas são reproduções de modelos reais, organizadas por categorias e catalogadas por Tiago com muito cuidado e carinho.

Tiago e Lilian: proprietários do Museu Nostalgia

O Museu Nostalgia guarda raridades, como os videogames Atari e Odyssey, muito populares nos anos 1980, a máquina polaroide, o celular “tijolão” e outras peças que, hoje em dia, a gente não encontro por aí com facilidade. Muitas crianças nunca viram algumas desses itens. Por isso, além de trazer provocar aquela nostalgia no coração da gente, é também um passeio que ensina história para os guris menores.

Além das exposições, os empresários criaram um espaço lúdico, onde as crianças podem se divertir com jogos manuais, brinquedos educativos e um fliperama. Um convite irresistível para abandonar o celular e o tablet por algumas horas. A entrada custa R$ 15.

 

Coleção Cavaleiros Templários: peças de ferro

Onde comer com crianças

Se a gente está falando de férias de julho, na grande maioria das vezes, a gente está falando de viajar com crianças. Há muito lugares maravilhosos para comer em Tiradentes, mas a recomendação deste conteúdo vai para famílias com crianças pequenas. Temos um filho de 6 anos e sabemos o tamanho desse desafio.

Na Estrada da Caixa D’Água, o restaurante Sabor Rural tem um parque rústico de aventuras, com atrações suspensas, casa na árvore, entre outras atrações. Ele fica numa área rural, cercada de verde e frescor. As mesas também são ao ar livre, de onde os pais podem olhar os filhos. O Sabor Rural ficou conhecido pela tradicional caipirinha que vem numa chaleira. Atenção: pagamento somente em dinheiro, cheque ou transferência bancária.

Parque rústico do Sabor Rural

 

Bom, a gente poderia escrever sem parar sobre tudo o que há para fazer nas férias de julho em Tiradentes, mas precisamos parar por aqui. Fique tranquilo! Quando você chegar na pousada, teremos de tempo de bater um bom papo e ajudar você a criar um roteiro para o seu perfil.

Faça sua reserva conosco!

Passeios radicais e de aventura em Tiradentes

Por

Tiradentes, localizada entre Barbacena e São João Del Rei, oferece muitas outras atrações além do artesanato, da gastronomia e da cultura local. Para quem gosta de passeios com aventura e ambientes rurais, Tiradentes tem se revelado uma ótima alternativa, inclusive para o feriado de 15 de novembro. Cada vez mais, turistas de várias partes do Brasil visitam a cidade em busca do ecoturismo.

Uma boa pedida para quem gosta de adrenalina e está disposto a andar de jeep, quadriciclo ou carros 4×4, apreciando a fauna e flora da região, é o passeio feito pela Rota Real, em que o turista escolhe a rota que deseja conhecer. A mais visitada é a Rota 1, que vai à Serra de São José pela Reserva do Parque Passos dos Fundadores, a maior reserva de libélulas do Brasil. São, aproximadamente, 35 km de percurso, passando por Mata Atlântica, campo rupestre, cerrado, nascentes e mirantes. Para fazer o passeio, é necessário ter habilitação B.

Outra dica é a modalidade esportiva que usa botes infláveis, o floating. O passeio começa em uma fazenda a 8 km de Tiradentes, que possui acesso ao Rio Elvas, e, durante o percurso, o turista se deslumbra com a riqueza natural do local.

Já pensou em subir a Serra de São José em um veículo pau de arara? O passeio é feito pelo guia Luiz Fernando. O percurso pode durar de 2h30 até 6h, dependendo do roteiro e com parada para almoço em um restaurante que serve a tradicional comida mineira. E ainda visitar a Casa da Serra, do Instituto Estadual de Florestas (IEF), para conhecer a biodiversidade da Serra de São José.

Em Tiradentes, quem gosta de caminhar, pode aproveitar as trilhas ecológicas da Serra de São José, como a Trilha do Carteiro, que tem entre os atrativos o refúgio das libélulas, a calçada dos escravos, a cruz do carteiro, as piscinas naturais, entre outros. E quem é adepto ao ecoturismo e a um refrescante banho de cachoeira, a dica é o Off Road Carrancas/Terra das Cachoeiras, localizada a um pouco mais de 90 km de Tiradentes. As lindas paisagens do local serviram de cenário para a novela Império, da TV Globo. O turista tem direito a transporte em veículo 4×4 com ar condicionado, guia e piquenique.

As cavalgadas são outra opção para quem gosta do ambiente rural. Quem faz é a Fazenda do Pombal, que carrega um título importante, berço do mártir da Inconfidência Mineira, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Além disso, tem visitação nas ruínas de um engenho de cana de açúcar, que funcionou há cerca de 250 anos.

Tiradentes tem cachaça, e da boa. A Cachaça Tabaroa é uma cachaça artesanal com 30 anos de mercado e uma marca já consagrada. Ela é produzida num alambique localizado em Bichinho, distrito que fica a 8 km de Tiradentes. Para fomentar o local, o proprietário Alexandre criou o Passeio Ecológico ao Alambique Tabaroa. Ele mesmo dirige a Land Rover, com capacidade para 10 pessoas. Ao longo do caminho, Alexandre conta histórias sobre o ciclo do ouro e a curiosidades sobre o local, que se tornou uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN).

No fim do passeio, os turistas visitam o alambique e veem de perto como se produz cachaça artesanal. Também degustam dois tipos: Tabaroa Caiana e Tabaroa Amarela, envelhecida em barril de madeira. Uma curiosidade interessante é que os rótulos são produzidos lá mesmo, a partir da fibra da cana.

Onde se hospedar

Uma boa opção de hospedagem é a Villa di Antonio, pousada com jeito de casa, que tem uma proposta interativa e familiar. A pousada foi inaugurada há um ano por um jovem casal carioca, que resolveu sair da cidade grande para empreender em Tiradentes. O nome da pousada é uma homenagem ao filho Antonio, de três anos.

Onde comer

O Luht Bistrô é um restaurante charmoso, de comida mineira contemporânea, localizado no centro histórico de Tiradentes, na famosa Rua Direita. O local tem uma área externa com jardim e lago, onde os turistas podem degustar as delícias da casa.

SERVIÇO

– Rota Real: (32) 98474-6068

– Agência Uai Trip: (32) 3355-1161

– Pau de Arara Tour: (32) 99948-2370

– Passeio Ecológico ao Alambique Tabaroa: (32) 98404-9405

– Villa di Antonio: (32) 3355-1777

– Luth Bistrô: (32) 99966-2819

Esta matéria foi produzida pela nossa assessoria de imprensa e publicada no Jornal MG Turismo.

Até breve!

× Olá!